SUPERANDO O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO: O MODELO 4 MAT DE COMUNICAÇÃO DA PNL

A PNL modelou com sucesso fatores de extrema importância para o sucesso na (palestrar, vender, comunicar idéias, no plano pessoal etc.) organize sua comunicação de conteúdos em apresentações. Quando for apresentar-se seja para qual objetivo for apresentação da seguinte forma:

 

1 – Ao comunicar-se, tenha claro para si e deixe claro para todos o “porque” daquela comunicação. Porque as pessoas estão ali? Porque é importante? Explorar essa dimensão nos possibilita CONEXÃO com quem nos ouve, e permite que possamos atender às pessoas, naquilo oque faz com que estejam presentes. Trabalhamos os valores da comunicação, o que tende a motivar quem nos ouve. Aqui estabelecemos o SIGNIFICADO DA COMUNICAÇÃO.Estimula-se predominantemente o lado direito do cérebro.

 

2– Outra dimensão que deve ficar clara para o comunicador e seu público é “oque” será comunicado. Posso dar uma palestra sobre vendas, mas “o que” – especificamente– abordaremos sobre essa vasta área? Trabalharemos a imagem e informaremos os ouvintes, desenvolvendo os CONCEITOS DA COMUNICAÇÃO mais relevantes.Estimula-se predominantemente o lado esquerdo do cérebro.

3 – “Como” indicará meios,formas, caminhos, práticas. Precisa ficar claro “como” aquilo que tem significado e escolhido será operado, desenvolvido, realizado. 

4– Finalmente chegamos a dimensão “o que mais?”. Vamos refinar tudo o que  e pensar meios únicos para impactar no desempenho. Não só refinamento e desempenho do palestrante onde ele aqui surpreende, agrega elementos únicos quedão um toque especial ao processo, mas também ajudamos o ouvinte perceber o que ele pode conseguir com base na comunicação. Num processo de vendas, poderia sera capacidade de encantamento do cliente, por exemplo. Essa dimensão trabalha a ADAPTAÇÃO DA COMUNICAÇÃO. Pode-se ter de trabalhar imprevistos e coisas que saem dos planos originais, assim como fatores que podem construir a excelência.Estimula-se predominantemente o lado direito do cérebro.

O PODER do 4 mat está na integração de todos esses aspectos. Atender cada um deles na preparação e execução da comunicação assim como integrar seus aspectos uns com outros ajudará a trazer poder pessoal e presença ao palestrante além de clareza, propósito e sentido na comunicação para o ouvinte, o que aumentará as chances de quem recebe o conteúdo “gostar” de ter assistido a apresentação.

O RAPPORT NA COMUNICAÇÃO

Um dos meus vídeos fala sobre rapport na comunicação e sua importância para apresentações em geral.

O rapport é uma harmonia na comunicação, permitindo que você encontre a outra pessoa no modelo que ela tem do mundo. Quando estabelecido, é uma dança na qual as duas pessoas espelham seu comportamento verbal e não verbal.

Para obter o rapport você pode espelhar qualquer parte do comportamento da outra pessoa,ajustando seu comportamento verbal e não verbal para se mover junto com ela,fazendo tudo isso com a discrição,elegância e sutileza, para não penetrar na consciência da outra pessoa. O rapport permite que você crie uma ponte até o outro, estabelecendo contato em maior nível e maior nível de compreensão.

Calce os sapatos da outra pessoa, e tente captar quais são os modelos de mundo do outro. Assim, de forma intuitiva, estabeleça contato e maior nível de compreensão.

A grande regra é: acompanhe, acompanhe, acompanhe…e conduza.

Comportamentos que você pode espelhar:

Respiração                                                                                                                                    Ajuste sua respiração para o mesmo ritmo da respiração da outra pessoa
Postura Corporal Ajuste seu corpo para combina com a postura do corpo do outro ou parte do corpo do outro
Movimentos Corporais Espelhe qualquer movimento do corpo que seja constante ou característico. Pode imitar gestos com elegância e sutileza. Também pode igualar a inclinação, orientação ou os balanços do corpo do outro.
Expressões Faciais Levantar sobrancelhas, apertar lábios, enrugar o nariz, etc.
Qualidades Vocais Tais como tonalidade, volume, ritmo, velocidade, inflexão, hesitação, pontuação, etc.
Palavras Processuais Detecte os predicados utilizados pela outra pessoa, e use-os na sua própria linguagem.
Fala Utiliza, com descrição, frases repetitivas ou expressões usadas pela outra pessoa, igualando-se ao estilo de falar do outro.
Espelhamento Cruzado Use um aspecto do seu comportamento para espelhar um aspecto diferente do comportamento do outro. Por exemplo: balançar suavemente uma parte do seu corpo no mesmo ritmo da respiração do outro.

Em grupo, perceba fatores de várias pessoas, especialmente dos líderes e pessoas que “falam ou representam” o grupo, formal ou informalmente, e combine-os em sua comunicação.

Em suas apresentações, treine perceber esses fatores em seus interlocutores e procure espelhar os mesmos em sua fala, comportamento, gestual, respiração etc. Você deve evitar “deixar de ser você” e fazer caricaturas. Seja quem você é, porém inclua, especialmente nos cinco primeiros minutos de contato, os padrões do outro ou alguns aspectos entre esses citados em sua comunicação.

Fique atento e, quando perceber que a pessoa ou grupo sente-se bem na sua presença,comece a conduzir a parte mais central do seu trabalho!

Gostaria de saber mais sobre a criação de rapport? Não deixe de nos seguir no instagram  >>>> instagram.com/hipnosecomneurociencias

X