METAS PARA BRILHAR NAS APRESENTAÇÕES, COMUNICAÇÃO E NÍVEIS NEUROLÓGICOS

Sem uma meta de como você deseja que seja o andamento da apresentação, sem isso sua mente não consegue focar em um objetivo.

Uma das primeiras coisas que você vai querer fazer para ser capaz de produzir apresentações eficazes é traçar uma META para sua comunicação ou apresentação. A Programação Neurolinguística estudou os elementos favoráveis para a construção de metas ,ou seja, o que ajuda com que algo tenha mais chances de ser concretizado na realidade.

Você já construiu uma meta? Meta não é sonho nem desejo. É algo que eu RETIRO desse universo de sonhos e desejos e ajo para que se torne algo real e concreto.

Que tipo de apresentação ou comunicação você deseja ser capaz de realizar? Uma palestra sobre… o que? Uma apresentação sobre…o que?

METAS NÃO SÃO CONQUISTADAS POR ACASO. Pessoas que conquistam metas passam conscientemente ou inconscientemente por algumas ou todas as etapas as quais vamos trabalhar de hoje em diante por quinze dias. Vamos juntos conquistar algo importante para você referente a uma apresentação ou comunicação?

Responder com dedicação cada pergunta abaixo num arquivo ou caderno ajudará seu cérebro a “programar” o sucesso e a harmonia em suas apresentações e comunicações.Portanto, se deseja sucesso, dedique-se a responder com o máximo de consistência possível!

DESAFIO 1: Onde estou e onde desejo chegar sobre o que pretendo apresentar ou comunicar?

O que eu quero, especificamente com minha comunicação?

O que, especificamente é realístico de eu trabalhar e conquistar através dela?

Impor-se uma meta que não pode ser conquistada num tempo específico ou que não seja realística conduz à frustrações.

DESAFIO 2: O que depende somente de você – e de mais ninguém – para iniciar, continuar e gerir o processo da comunicação ou apresentação pretendida que te permitirá caminhar de onde está até onde deseja chegar?

E o que depende de você para tornar essa comunicação ou apresentação um processo o mais atraente e prazeroso possível, apesar dos desafios envolvidos? Não quero filosofia, quero ações concretas!

DESAFIO 3: A meta deve ser ecológica, ou seja, ela deve ser feita levando em consideração o que eu quero e como eu sou.

Como, sendo que meu sou, eu posso me apresentar e comunicar rumando para esse processo um pouco mais do que antes todos os dias e gostando do que farei no momento da comunicação?

DESAFIO 4: Como o que eu quero comunicar ou apresentar pode, além de ser bom para mim,  ser bom para quem está próximo de mim e, mais especificamente, quem vai receber a comunicação ou apresentação?

O que eu faço, afeta quem está ao redor. O estado de quem me cerca, me influencia.

Como posso gostar de harmonizar minhas necessidades com quem está ao redor participando do processo?

DESAFIO 5: Quais recursos, qualidades e talentos eu possuo e posso gostar de direcionar para me apresentar e comunicar?

Quanto de potencial existe dentro de mim e já se mostrou presente no passado? O que posso fazer para dar passagem para que esse potencial se manifeste nas minhas apresentações e comunicações em geral? Alguns tem facilidade de contar histórias ou usarem o humor. Como, por exemplo, isso pode agregar valor à sua comunicação se faz parte dos recursos que possui?

DESAFIO 6: O que eu certamente vou ver, ouvir, sentir e falar comigo quando:

A – Eu estiver no caminho para preparar minha comunicação?

B – Quando eu “chegar lá” , me apresentar e colher os frutos positivos da apresentação?

Em suma, como terei EVIDÊNCIAS IRREFUTÁVEIS de que estou sendo eficaz na comunicação?

DESAFIO 7: No processo de me comunicar e/ou apresentar:

A – QUANDO terei atingido o resultado pretendido?

B – ONDE farei a comunicação ou apresentação e COMO o farei – especificamente?

C – QUEM MAIS estará envolvido no processo da minha comunicação?

D – POR QUE é importante o bom resultado de minha comunicação?

DESAFIO 8: Qual a melhor forma de aprender com minha caminhada no processo de me comunicar e como me direi o resultado de cada passo que estou dando para construir essa apresentação?

Cada resultado que obtive  da forma como planejei ou num processo diferente para me comunicar, é uma oportunidade para aprender o que sobre minha pessoa e sobre o que desejo comunicar?

Em seguida, vamos trabalhar em detalhes, atrelado ao processo de construir metas, os NÍVEIS NEUROLÓGICOS das metas e do processo da comunicação. Isso leva à harmonia sistêmica do processo como um todo, e o “segredo” está em harmonizar todas essas etapas umas com as outras:

DESAFIO 9: Em quais AMBIENTES eu vou me apresentar ou comunicar?

Quais recursos estão disponíveis nesse ambiente?

Quais outros ambientes e seus recursos favorecem o alcance do sucesso em minha apresentação?

DESAFIO 10: Quais AÇÕES E COMPORTAMENTOS contínuos e congruentes uns com outros favorecem o sucesso de minha apresentação?

Se alguém filmasse você se apresentando, o que apareceria no filme indicando seu sucesso?

DESAFIO 11: O que existe de melhor em você para transformar-se em ações nesses ambientes onde vai se apresentar ou comunicar?

DESAFIO 12:  Qual a importância dessa comunicação ou apresentação?

O que é maior,melhor e mais importante que os problemas e desafios passageiros que tendem a/podem surgir?

O que ACREDITO sobre esse tema ou tópico, e/ou sobre estar me comunicando para essas pessoas nesse momento?

Praticar quais OUTRAS CRENÇAS podem me ajudar a me comunicar ou apresentar com mais segurança e eficácia?

DESAFIO 13: Como ME SINTO sobre ser um comunicador ou palestrante ?

Porque EU POSSO me comunicar e me apresentar com sucesso?

Por que EU SOU CAPAZ de me comunicar e me apresentar com sucesso?

Por que EU MEREÇO me comunicar e me apresentar com sucesso?

Como me comunicar e me apresentar com sucesso é consistente com a pessoa melhor que eu mereço me tornar?

DESAFIO 14: Como, especificamente, me comunicar e me apresentar com sucesso harmoniza-se com oque existe além de mim?

Como me comunicar e me apresentar com sucesso alia-se com as grandes crenças de ordem maior que apoiam minha vida e minha existência?

DESAFIO 15:  COMO MELHOR posso CELEBRAR o resultado de minhas apresentações e comunicações? O que posso escolher aprender com ele?Isso é uma oportunidade PARA QUE em relação ao meu presente e futuro?

Parabéns! Esse é o primeiro de muitos passos no sentido de despertar e usar o seu poderoso potencial mental para comunicar-se com excelência!

Se você gostou dese artigo não deixe de comentar e compartilhar com os seus amigos, preparamos um mini curso com o André Percia sobre como falar em público clique aqui.

X