Como a linguagem corporal afeta o seu controle emocional

Raiva, medo, surpresa, nojo… Com toda certeza, você já teve algumas situações muito desagradáveis onde essas emoções ruins te dominaram. Tempos depois, você coloca a sua cabeça no travesseiro e fica imaginando como seria diferente se você tivesse o controle da situação.

Foi pensando especialmente em você e nesses problemas que eu resolvi criar esse artigo.

Então, leia até o final para saber uma maneira fácil e simples que vai te ajudar a controlar suas emoções em situações adversas.

Emoções e linguagem corporal

diferentes pessoas com diferentes posturas

A linguagem corporal que assumimos nada mais é que um reflexo das nossas emoções. O processo é bem simples: algo acontece e dispara um gatilho emocional em nós, pode ser raiva, tristeza, medo e etc.

Essa emoção é percebida por uma série de substâncias produzidas por nosso sistema nervoso central e, logo em seguida, assumimos uma postura corporal que seja condizente com nossos sentimentos.

Se estamos tristes, tendemos a nos recolher e encurvar o corpo… Se ficamos com raiva, nos preparamos para o ataque e assumimos uma posição agressiva… Se estamos com medo, cruzamos os braços, inclinamos nossos ombros para frente e por aí vai…

O mesmo ocorre quando sentimos emoções boas. Quando estamos confiantes, nosso peito se estufa e nossa cabeça se ergue. Quando nos sentimos corajosos, deixamos nossa postura totalmente aberta, relaxamos e ficamos tranquilos em qualquer ambiente.

Nesse exato momento, você deve estar se perguntando: como que isso pode te ajudar a controlar suas emoções? Isso é o que discutiremos no próximo tópico.

Como a nossa postura interfere nas nossas emoções

mulher com diferentes posturas

Provavelmente, você já deve ter sacado a resposta pelo título do módulo. Nossa postura também é capaz de gerar hormônios e produzir emoções boas ou ruins de acordo como estamos posicionados.

Isso é o que foi constatado em uma pesquisa realizada na universidade de Stanford, onde foram realizados vários experimentos com diversos voluntários e foi constatado que forçando uma postura, você é capaz de alterar o seu estado emocional.

Por exemplo, se você começar a sorrir de maneira forçada, no começo isso vai parecer meio sem graça e fingido, mas com o passar do tempo, em poucos segundos, você começa a ficar mais feliz e o seu sorriso cada vez mais genuíno.

Sendo assim, você pode usar isso ao seu favor. Quando sentir medo em um uma apresentação ou reunião de negócios, você pode estufar o seu peito e erguer levemente a cabeça poucos minutos antes de começar a reunião.

Dessa forma, você estará muito mais preparado e confiante antes da reunião.

Também é importante se preocupar em não deixar as suas emoções te dominarem. Durante a reunião, mantenha essa postura confiante, procure sentar de maneira confortável e relaxada, caso contrário, tudo pode ir por água abaixo.

Tornando-se um expert no controle emocional

super homem confiante

Você pode combinar essa técnica com várias outras para conseguir ser um verdadeiro mestre do controle emocional. Você pode usar a auto-hipnose, PNL (Programação neurolinguística), EFT (Técnica de Libertação Emocional com os dedos), meditação e muitas outras coisas para combinar com a técnica de apresentada hoje e ser muito mais assertivo no seu dia a dia.

Outra dica muito importante é iniciar os estudos em linguagem corporal, quanto mais você souber sobre o assunto, mais conhecimento você terá sobre si próprio e também sobre as suas próprias emoções.

Quer ir além da linguagem corporal e aprender sobre microexpressões faciais? Clique abaixo e baixe nosso eBook gratuito.

mockup ebook introdução micro expressões faciais 2.0

X